Fernando Horta: Se o STF voltar a guarda a Constituição, o impeachment tem que ser anulado

A questão é a seguinte, se tudo o que fizeram com Dirceu, Lula, Vaccari, Delcídio – e que foi chancelado pelo STF – é válido e é o “novo entendimento” no “combate à corrupção” no Brasil, então Aécio, Loures, a irmã de Aécio e até Temer (o problema aqui é o cargo) deveriam estar presos.




Agora, se o STF vai voltar a garantir a “constituição” então o impeachment tem que ser anulado, uma dezena de presos da Lava a Jato soltos, Moro deve ser condenado pelos absurdos que cometeu e afastado da Lava a jato. Moraes e Mendes NÃO podem relatar processos de Aécio e Dallagnol tem que ser no minimo afastado (para não dizer expulso) das funções do MP.

Ao não fazer nenhuma das duas coisas, o STF erra DUAS vezes. O que reclamamos é que sempre o resultado do erro é em benefício da direita e do PSDB. São onze ministros, Gilmar Mendes não pode fazer o que faz sem a anuência dos outros dez. Sendo que o próprio PT – veja só – indicou a maioria dos ministros.

Edit 1: Devo ter esquecido uma pancada de gente, o Genoíno, por exemplo.

Fernando Horta é professor, historiador, doutorando em Relações Internacionais UnB.