Fernando Haddad oficializa candidatura à prefeitura de SP com apoio de Lula e Ciro Gomes

Durante a convenção do PT de São Paulo que oficializa a candidatura à reeleição do prefeito Fernando Haddad, neste domingo, 24, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um discurso inflamado. Exaltou os feitos da administração do prefeito e recomendou sabedoria para lidar com o ódio. 

“Vamos responder com sabedoria ao ódio. E não vamos abaixar a cabeça”, disse Lula diante de um auditório lotado de militantes de vários partidos e líderes políticos. “Haddad, você não precisa falar mal de ninguém. Você tem obra, você tem sabedoria. É isso que você tem de mostrar”, ressaltou. 

Para o ex-presidente, Haddad é vítima de “do preconceito de que sempre fomos vítimas por aqui”. “Se vocês pegarem o mapa de SP, vocês vão ver que sempre enfrentamos o preconceito da elite conservadora desta cidade. Temos que provar que nossa força de vontade, garra e nossa causa podem fazer a diferença”, disse Lula. 

Lula disse que o o Brasil foi educado para que “a elite tivesse seu espaço isolado”. “Estamos aprendendo a compartilhar o espaço público”, disse Lula. “A campanha é curta, mas vai ter debate. E é no debate que a gente vai ver claramente quem está mais preparado”, acrescentou. 

A campanha de 2012 e as pesquisas que apontavam as intenções de voto para Haddad também foram lembradas pelo ex-presidente. “Todas as eleições, ganhamos na periferia”, disse, ao relembrar que o prefeito era chamado de “candidato em liquidação” e ganhou o pleito, no segundo turno.

Lula encerrou a fala na convenção desejando boa sorte a Haddad e Gabriel Chalita, que é candidato a vice na chapa do petista. “Boa sorte Haddad, quero ter o orgulho de dizer que ajudei São Paulo a eleger o que há de melhor desta eleição”.

(G1)


Leia mais