Ex-presidente da Odebrecht tentou omitir o nome de José Serra em delação

O ex-presidente da Odebrecht Pedro Novis correu o risco de perder a delação premiada que fará, provavelmente, no dia 08/11.

Segundo a jornalista Mônica Bergamo, Novis tentou construir uma narrativa que beneficiaria José Serra (PSDB). Os procuradores da Operação Lava Jato o “enquadrou” após a tentativa de “livrar” o tucano. 




A ação dos procuradores contra o ex-executivo fará com que Pedro fale da relação da Odebrecht com Serra e correligionários – em princípio.

Será o fim da seletividade ou essa é só mais uma história para a Lava Jato passar “isenção” aos brasileiros?


Leia mais