Em entrevista, Carmem Lúcia afirma que STF analisará legalidade do impeachment o mais breve possível

Via Câmara em Pauta:


A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou na noite da última segunda-feira (17) que tem todo o interesse em colocar na pauta da Corte a apreciação dos processos que questionam o fatiamento do julgamento impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff. Os senadores votaram pelo afastamento da petista mas a liberaram para exercer funções públicas, em votações separadas.




“Assim que os relatores liberarem os processos, há mais de um, tenho todo interesse em dar celeridade à pauta”, disse a ministra, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura. A ministra reforçou que “não há possibilidade” de os processos relacionados ao afastamento de Dilma não serem apreciados pelos ministros.

Durante o programa, Cármen afirmou ter como prioridade dar agilidade aos processos que estão trancados na Justiça e que não há temas fáceis na Corte, citando a ação que envolve o impeachment de Dilma. “Tudo que chega ao Supremo, na minha visão, é difícil. No mínimo, estamos tratando a vida de pessoas”, afirmou.


Leia mais