Início Notícias Doria baixa decreto para ter segurança policial mesmo após deixar a prefeitura

Doria baixa decreto para ter segurança policial mesmo após deixar a prefeitura

Às vésperas de deixar a Prefeitura de São Paulo para concorrer ao cargo de governador do estado, João Doria (PSDB) publicou decreto de lei que estende para ex-prefeitos de São Paulo os serviços de segurança pessoal prestados pela Polícia Militar atualmente ao chefe do Executivo da cidade.




Na prática, com o decreto assinado por ele e publicado neste sábado (3) no Diário Oficial do município, Doria poderá desfrutar da proteção policial durante o período em que eventualmente estiver em campanha eleitoral ao cargo de governador de São Paulo e, independentemente do resultado de uma possível eleição, ainda receberá os serviços de segurança da Polícia Militar.

De acordo com o decreto, o ex-prefeito terá direito ao serviço pelo período de um ano a partir do momento em que deixar o cargo.

Atualmente, a tendência é que Doria deixe o cargo na primeira semana de abril, como exige a lei, para em seguida aguardar a oficialização de sua candidatura à sucessão de seu padrinho político, o governador Geraldo Alckmin, também do PSDB.

Leia mais na Folha de São Paulo.


Leia também

MP-SP abre inquérito contra Alckmin por improbidade administrativa

Ministério Público de São Paulo abriu nesta sexta-feira (20) um inquérito civil para inves…