Dilma é a maior líder contemporânea na defesa da democracia brasileira

Em um período como este, de agudos e violentos enfrentamentos, as pessoas se tornam maiores ou menores, ninguém fica igual.

Sem dúvida, quem mais cresceu foi a Dilma, que à imagem de governante batalhadora incansável por um Brasil politicamente democrático, socialmente justo e internacionalmente soberano, acrescentou uma imagem da maior líder contemporânea na defesa da democracia no Brasil, imagem reconhecida no mundo.

Como ela mesma sempre diz, se muda a posição desde onde se luta por seus ideais, mas nunca se muda de campo e de ideais.




Agora ela se dedica, generosamente, – além da denúncia aqui e lá fora, do golpe, – a contribuir à construção de alternativas de futuro para o Brasil, desde a Presidência do Conselho da Fundação Perseu Abramo.

Embora nos conhecêssemos desde os anos 60, na luta clandestina contra a ditadura, numa mesma organização, nossas conversas não costumam se voltar sobre o passado, até porque temos a consciência firmemente ancorada no presente e projetada para o futuro.

Me é extremamente fácil e prazeroso trabalhar com ela, uma pessoa que ouve, pensa, especula em voz alta, com toda sua inteligência, sagacidade e percepção da realidade, apoiada nas leituras mais atuais e na preocupação com os destinos do Brasil, da América Latina e do mundo.

Trabalhar com ela em novos projetos é um enorme incentivo, pela forma entusiasmada com que ela se joga em tudo o que faz.

Emir Sader