Demagogia e populismo tucano: Doria não vai mais zerar fila das creches esse ano

Na estreia como prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) anunciou uma mudança na principal promessa de campanha para a educação. O compromisso eleitoral de encerrar 2017 sem nenhuma criança de zero a três anos na fila de creches foi substituído pela meta numérica de 66 mil novas matrículas até dezembro.

O novo compromisso tem como base o total de crianças neste momento na fila de espera. Nas eleições, porém, o compromisso não citava números e se comprometia a chegar a 31 de dezembro sem ninguém na fila da espera, independentemente do número de interessados nas vagas.




Agora, como a fila por creches oscila ao longo de todo o ano, qualquer demanda acima dessas 66 mil crianças estará fora da nova promessa.

Segundo a prefeitura, houve uma “requalificação” do compromisso anterior, após a indicação de Alexandre Schneider para a Secretaria da Educação de Doria.

Leia mais na Folha de São Paulo.


Leia mais