Conta de luz pode ficar mais cara

O governo federal estuda aumentar o valor que o consumidor paga na conta de luz referente à Conta de Consumo de Combustível (CCC) para custear novas obras de linhas de transmissão, informou ao G1 o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Paulo Pedrosa.

O objetivo explica, é fazer com que no futuro as contas fiquem mais baratas.




Atualmente, o consumidor já paga pela CCC na conta de luz e essa tarifa integra a Conta de Desenvolvimento Energético – a CDE. A CDE reúne todos os subsídios pagos pelos consumidores, entre eles Luz para Todos, a tarifa social e os subsídios para irrigação.

A Conta de Consumo de Combustível, no entanto, foi criado para custear os gastos com os combustíveis usados para geração de energia térmica nos chamados “sistemas isolados”, aqueles que não são integrados ao Sistema Interligado Nacional de energia, o SIN.

Pelas estimativas do governo, os consumidores pagarão, em 2016, cerca de R$ 20 bilhões em encargos e subsídios na conta de luz. Desse total, R$ 6,3 bilhões referentes à CCC.

Leia mais no G1.