Com o desastre do PT nas eleições municipais, Ciro Gomes se fortalece ainda mais para 2018

Depois da derrota acachapante do PT nas eleições, com a perda de mais da metade das prefeituras conquistas em 2012, o PDT vai dobrar a aposta no nome de Ciro Gomes para concorrer ao Palácio do Planalto em 2018.

Sexto em número de prefeitos e quinto no de vereadores, o partido e aliados simpatizam com a ideia de criar uma Frente Ampla, já defendida pelo ex-presidente Lula e frequentemente citada por Tarso Genro, um dos líderes do PT.




Nessa Frente, os candidatos seriam menos ligados às suas siglas e mais ao projeto do grupo. PDT e cia acreditam que é o momento de o PT deixar de lado o exclusivismo para apoiar o projeto, e ainda mudar o discurso de golpe, a fim e construir uma proposta para o futuro capaz de dar espaço à esquerda novamente, conforme aponta  Ilimar Franco, do Globo, em sua coluna desta terça-feira.

“Crescemos. A candidatura do Ciro terá maior capilaridade. Nosso projeto é irreversível, mas tem vaga para vice”, diz Carlos Lupi, presidente nacional do PDT.

Leia mais no Brasil 247.