Ciro Gomes comete gafe ao falar da presidenta eleita Dilma Rousseff, em entrevista

Em entrevista concedida ao jornalista Ricardo Mota, da TV Pajuçara, de Maceió, Ciro Gomes – que estudou economia na Harvard Law School, além de ter sido ministro da Fazenda – cometeu uma gafe ao citar o governo da presidenta eleita Dilma Rousseff.

O ex-ministro criticou os três últimos presidentes eleitos. Porém cometeu um erro conceitual ao dizer que “Dilma quebrou o país”.

O termo “quebra” é  utilizado por economistas quando um Estado ou empresa não dispensa de recursos para arcar com todas as despesas e recorre a empréstimo para honrar os compromissos.




Tudo o que não aconteceu durante o mandato da presidenta Dilma. O país não precisou recorrer a empréstimos – e não o fez -, até porque o país é absolutamente robusto em reservas internacionais.

Ciro Gomes disse o mesmo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, com correção. O país precisou de empréstimos do Fundo Monetário Internacional em três oportunidades.

Resta saber se o presidenciável está aprendendo a utilizar a retórica dos canalhas que derrubaram a presidenta eleita, visando 2018 ou foi apenas um ato falho de um expert em economia.