Atriz Tássia Camargo anuncia filiação ao PT e manda beijos vermelhos aos fascistas

Vilipendiada por ter o voto cassado com a conclusão do Golpe de 2016, Tássia Camargo resolveu desabafar. Ela gravou um vídeo onde demonstra toda sua insatisfação com o atual momento do Brasil, salientando que a mensagem é para a militância, e não aos fascistas de plantão. “Alfinetando” esse setor conservador do pais, a atriz fez questão de dizer que não se esconderá e sugere que façam um chá de panela na nova casa da presidenta eleita.

Tássia ainda afirma que não concorda com a defesa de Dilma Rousseff, que entrou com uma ação no STF pedindo alunação do processo, pois acredita que nada mudará devido ao fato da Suprema Corte ter acabado de receber o aumento dado pelo eterno vice, Michel Temer. Sendo assim, ela chama o povo para ir às ruas pelas “Diretas Já”.

Preocupada com a a guerra civil que se avizinha, Tássia ainda alertou para a possibilidade de Michel Temer pedir uma intervenção militar para coibir as manifestações, a exemplo do teólogo Leonardo Boff – que afirmou que o impeachment pode se transformar num golpe militar.

A atriz também mostrou que sabe cantar. Ela entoou o refrão da música Opinião de Nara Leão, após lembrar do movimento “Diretas Já” em 1984.

No final do vídeo, Tássia anuncia que vai se filiar ao Partido dos Trabalhadores (PT) – em recado aos setores fascistas do Brasil.

“Eu não sou pestista, mas resolvi me filiar ao PT. Porque assim você terá o que falar. Um beijo vermelho pra você”, provocou.

Entramos em contato com a atriz, e ela nos confirmou que a filiação acontecerá nos próximos dias em São Paulo-SP com a presença do ex-presidente Lula e da presidenta eleita Dilma Rousseff.