Jean Wyllys questiona o motivo do jantar entre Gilmar Mendes, Michel Temer e FHC

Isso aqui não é uma manifestação do deputado, mas uma reportagem do jornalista, minha profissão antes de ser parlamentar.

Recebi, de uma fonte muito confiável, a informação de que o ministro do STF Gilmar Mendes esteve no Palácio Jaburu num jantar com Michel Temer e Fernando Henrique Cardoso. Soube, ainda, que a Globo News tem as imagens e, a princípio, não quis noticiar. Depois, quando souberam que a informação poderia ser publicada por outros veículos de comunicação, orientaram uma conhecida repórter da emissora a buscar a maneira de dar a notícia, nas próximas horas, minimizando sua gravidade, para preservar e proteger a PEC 241.




Pois é. A conivência criminosa que boa parcela da imprensa brasileira tem feito a favor do golpe que decepou a democracia brasileira vai se desnudando. A cada dia, novas evidências nos deixam clara a intenção que alguns veículos de comunicação têm de distorcer, deturpar, minimizar e esconder notícias para construir um cenário bem diferente do que vemos nos bastidores.

Será que foi a PEC 241 o motivo do jantar? O que foi conversado? Qual é o motivo para que um ministro do Supremo se reúna em secreto com o presidente ilegítimo e um dos líderes do PSDB? Por que a relutância da grande mídia em dar um furo jornalístico desse tamanho? Por que a população não tem direito de saber o que está rolando nos bastidores do poder, enquanto seus direitos sociais e seu futuro são desmantelados e entregues à voracidade do mercado financeiro?

Jean Wyllys. Deputado federal pelo PSOL-RJ.