Apenas gestor? Revistas de João Doria receberam R$ 1.500.000,00 de Alckmin, em 2015

Fórum, 14/09/15 – O governador de São Paulo, Geraldo Alkmin (PSDB), pagou R$ 1,5 milhão para o empresário João Doria Jr, que é seu colega de partido e pré-candidato à prefeitura da capital paulista. O dinheiro foi repassado entre junho de 2014 e abril de 2015 por meio de publicidades em revistas da Doria Editora.




Os pagamentos foram intermediados por duas agências publicitárias contratadas pelo governo, a Mood e a Propeg. Somente um dos anúncios, que ocupou nove páginas da revista “Caviar Lifestyle”, em formato semelhante a uma reportagem, custou R$ 501 mil. De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, em alguns casos os valores pagos pelo governo à editora foram proporcionalmente maiores do que em revistas consolidadas no mercado.

Um exemplo é o anúncio de quatro páginas na revista “Líderes do Brasil”, em 15 de janeiro, ao custo de R$ 202 mil. Uma propaganda com o dobro do tamanho na “Exame”, da Editora Abril, ficou em R$ 292 mil. Vale lembrar que nenhuma das revistas da Doria Editora é certificada pelo IVC (Instituto Verificador de Comunicação), que audita a distribuição das principais publicações do país.