Alexandre de Moraes pode ser o candidato tucano ao governo de SP

A visita do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, a Ribeirão Preto (SP), no domingo, 25, quando ele deu  declarações sobre a Operação Lava Jato um dia antes da fase que culminou com a prisão do ex-ministro Antonio Palocci, foi parte de uma extensa agenda de viagens dele pelo Estado para participar de campanhas de candidatos do PSDB e consolidar seu nome como um possível sucessor de Geraldo Alckmin.




Filiado ao partido desde o ano passado, quando deixou o PMDB, Moraes é apontado entre os tucanos como um virtual pré-candidato à sucessão no Palácio dos Bandeirantes na eleição de 2018. 

Antes do governador decidir apoiar o empresário João Doria, Moraes tentou se viabilizar como candidato tucano à Prefeitura de São Paulo. Sua mudança de partido foi feita a tempo de o então Secretário Estadual de Segurança Pública entrar na disputa das prévias. A opção pelo nome de Moraes, porém, sofreu forte resistência interna pelo fato de ter migrado para o PSDB de última hora. 

Leia mais no Estadão.


Leia mais