Advogado recolhe dados e Joanna Maranhão processará “haters”

Joanna Maranhão disse que seu advogado colheu os dados de perfis verdadeiros que cometeram crimes de ódio na página da atleta no Facebook. A nadadora informou que parou de se manifestar contra os “haters” justamente para que houvesse tempo suficiente para rastrear as contas, recolher nomes e CPFs.

“Fiquei em silêncio permitindo que vocês se sentissem à vontade enquanto o advogado coletava nome, dados e CPF de cada um”, escreveu.

A atleta disse que entrará na justiça contra os criminosos na próxima semana. Joanna ainda considerou que a ação é causa ganha. O dinheiro das indenizações será destinado à ONG Infância Livre, que atua no combate à pedofilia.


Leia mais