Advogado denuncia MBL ao MPF por ameaças e caixa 2 da campanha de Fernando Holiday

DCM – Cleber Santos Teixeira, que atuou como advogado da campanha para vereador de Fernando Holiday em 2016, acusa o líder do MBL de ter feito uso de dinheiro não contabilizado na disputa — caixa 2.




A grana arrecadada, segundo Teixeira, serviu para pagar contas pessoais, como a mensalidade de sua faculdade, e despesas da campanha, como gastos com combustível, alimentação e cabos eleitorais.

Ele sustenta que Holiday só declarou à Justiça Eleitoral metade do valor que recebeu em doações. De acordo com a prestação oficial de contas do democrata, arrecadou 59.164,14 reais, e terminou com uma sobra de 543,32 reais.

Cleber Teixeira divulgou um vídeo no Facebook avisando que está entrando com uma denúncia no Ministério Público Federal. Criador da página de direita Jacaré Banguela, ele afirma também que sofreu ameaças de militantes do MBL.