100 mil foram às ruas de Buenos Aires contra a gestão de Maurício Macri

No dia de São Caetano, patrono do pão e do trabalho, 100 mil pessoas se manifestaram na Praça de Maio em Buenos Aires.

Os manifestantes foram às ruas devido ao alto índice de desemprego causado pela gestão Maurício Macri. O povo argentino também foi manifestar contra o avanço da fome, que tem afetado as camadas populares do país.

“Ou o Macri renuncia, ou nós tiramos ele”, afirmou um dos participantes do ato.

Algumas pessoas reclamaram da displicência da mídia local com o ato. A única emissora que falou sobre os protestos foi a C5N.

“Ainda que os meios de comunicação ocultem nossa manifestação, o povo está aqui, e isso não tem como silenciar, a realidade é o que vale, e não o relato midiático mentiroso”, disse uma manifestante.